terça-feira, 19 de outubro de 2010

Capitalismo x Socialismo x Feudalismo x Escravismo

Há uma briga de torcidas sobre estes 4 temas.
Cada um diz que seu próprio sistema é melhor que os outros e desqualifica os outros.
Atualmente, há um número inexpressivo de adeptos do escravismo e do feudalismo.

Independentemente de qual seja o melhor, a humanidade tem sofrido uma progressão na eficiência produtiva.
Antigamente, os seres humanos eram as engrenagens, eram as máquinas, para todo tipo de produção.
Conforme máquinas e dispositivos foram facilitando o trabalho, mais benefícios e confortos foram sendo possíveis de serem fornecidos.
Um dos primeiros benefícios foi a liberdade.
Com o tempo, as máquinas e dispositivos foram sendo aperfeiçoados, a produção se tornou mais eficiente, mais econômica.
Atualmente, nossa produção está tão eficiente, que benefícios considerados extraordinários outrora, são admitidos agora.
Por exemplo, 13º salário, INSS, PIS, aposentadoria.

Estado, Clero e Povo ainda existem, sendo que, atualmente, não só o Povo trabalha para sustentar os dois primeiros, mas máquinas e dispositivos também o fazem, reduzindo bastante a carga que o Povo teria que suportar.

A existência de máquinas e dispositivos muito eficientes tem proporcionado um conforto até então desconhecido pela humanidade para o Estado e o Clero, sem a necessidade de extorquir recursos do Povo.

Tudo isso para dizer que o sistema de produção (Capitalismo x Socialismo x Feudalixmo x Escravismo) é uma conseqüência da eficiência da produção, da riqueza material e do conforto, e não sua origem.

Capitalismo, Socialismo, Feudalismo e Escravismo são marcadores históricos, que nós colocamos na história da nossa produção. Produção esta que possui um processo progressivo e flutuante de aperfeiçoamento.








.

Nenhum comentário:

Postar um comentário